27.11.13

Georgia on my mind


"Enfim... Eram recordações boas. Tudo aquilo tinha ficado muito longe no passado. Verdade é que a gente nunca esquece a infância. Pieguices? Mas, que é que a vida pode nos oferecer de melhor, de mais puro?"

- Erico Verissimo, em "Clarissa", 1933

25.11.13

Constantine: [to Eugenia] Every day you're not dead in the ground, when you wake up in the morning, you're gonna have to make some decisions. Got to ask yourself this question: "Am I gonna believe all them bad things them fools say about me today?" You hear me today? "Am I gonna believe all them bad things them fools say about me today? You hear me today?" All right? As for your mama, she didn't pick her life. It picked her. But you, you're gonna do something big with yours. You wait and see.

23.11.13

21.11.13

Recordar, Repetir, Elaborar

Só pra lembrar pra mim mesma que eu sou adulta. Que acreditar em internet é uma furada. E que quem enfia a cabeça na merda, se suja.

E que o grande sofrimento da humanidade consiste em não aceitar as coisas como efetivamente são.

Beijos soberanos para mim mesma. Ex-Diva depressão, atual glamour decadente.

18.11.13

não quero ser exaurida

e se eu me doo por inteira,
meu amor se esgota em ti

12.11.13

É tão bom chegar e eu estou chegando

- Queria tanto saber dançar que nem tu!
- Dança que nem TU.

********************************************************************

Tantas coisas espe(essen)ciais acontecendo do lado de cá que eu queria contar =)

24.10.13

Nós


"A vida é desfazer nós
Nós de nos mesmos
A linha da vida fica maior
Se você consegue tirar o nó


A vida é desfazer nós
e os motivos de fazê-los
ninguém pode desfazer por nos
ninguém pode impedir os nós


Nós aqui
Nós nunca estão sós


Na miga engoli um nó
Nó na garganta
Tô indo rir vou pra casa já
Se não amanhã não consigo me levantar


A vida é desfazer nós
Nos que fazemos
pra complicar um caminho só
e a linha da vida ficar cada vez menor


Nos aqui
nós nunca estão sós
Nos aqui
Nós nunca estão sós"


[Lulina]

22.10.13

É só o vento lá fora


Past one o’clock. You must have gone to bed. The Milky Way streams silver through the night. I’m in no hurry; with lightning telegrams I have no cause to wake or trouble you. And, as they say, the incident is closed. Love’s boat has smashed against the daily grind. Now you and I are quits. Why bother then To balance mutual sorrows, pains, and hurts. Behold what quiet settles on the world.Night wraps the sky in tribute from the stars. In hours like these, one rises to address The ages, history, and all creation.